Estudar na UAc

A Universidade dos Açores (UAc) apoia todas as iniciativas que fomentem a internacionalização do Ensino, da Investigação e dos Serviços da instituição. Estamos empenhados em criar e divulgar oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional para a nossa comunidade académica, através da interação e cooperação com estudantes e trabalhadores de outras universidades e centros de investigação espalhados pelo mundo.

Se és estudante da UAc e pretendes vivenciar uma experiência de ensino creditada noutra Universidade portuguesa ou numa Universidade de outro país, podes candidatar-te, respetivamente, aos programas Almeida Garrett ou Vasco da Gama (para mobilidades nacionais), ou aos programas Erasmus+ (para países da EU), Bolsas Santander Universidades (para Brasil e países Ibero-Americanos) ou SEA Semester/SEA Summer programs (para os EUA).

Se é um docente, investigador ou outro trabalhador da UAc e pretende visitar outra Universidade ou Centro de Investigação para realizar atividades académicas, de investigação ou formação, pode candidatar-se ao programa Erasmus+ (para países da EU) ou ao FLAD-UAc ‒ Crossing the Atlantic (para os EUA).

O nosso Gabinete de Relações Externas e os Coordenadores de Mobilidade da UAc estão disponíveis para esclarecer, orientar e ajudar a preparar a tua/sua mobilidade.

Estudante Internacional

A Universidade dos Açores (UAc) segue as mesmas regras e regulamentos de outras Universidades portuguesas e europeias. Devido ao Sistema de Bolonha os nossos diplomas são reconhecidos em qualquer país da União Europeia, tanto para fins profissionais como académicos.

Se deseja inscrever-se num programa de graduação da Universidade dos Açores, mas não tem a nacionalidade Portuguesa nem provém de qualquer outro estado membro da União Europeia, poderá candidatar-se ao abrigo do Estatuto do Estudante internacional.

Quem pode concorrer

 

O Concurso Especial de Acesso para Estudantes Internacionais destina-se a estudantes que, cumulativamente:

  1. Não tenham nacionalidade Portuguesa;
  2. Tenham um diploma do ensino secundário, qualificação legalmente equivalente ou outra qualificação que lhes permita candidatarem-se ao ensino superior em Portugal.

O Estatuto do Estudante Internacional não se aplica a:

  1. Cidadãos portugueses ou de outros estados membros da União Europeia;
  2. Estudantes estrangeiros que residam legalmente em Portugal há mais de 2 anos consecutivos até 31 de agosto do ano em que se candidatem ao ensino superior, bem como quaisquer descendentes com quem eles coabitem legalmente;
  3. Estudantes que procuram admissão ao ensino superior em Portugal através do regime especial de admissão para atletas de alto rendimento;
  4. Estudantes estrangeiros que frequentam a Universidade dos Açores ao abrigo de programas internacionais de mobilidade estudantil;
  5. Estudantes estrangeiros inscritos na Universidade dos Açores antes do ano letivo de 2014/2015, considerados equivalentes aos estudantes portugueses até à conclusão, sem interrupção, do seu programa de estudo.

Requisitos

 

As condições de admissão dos candidatos são estabelecidas pelo Regulamento do Concurso Especial de Acesso e Ingresso do Estudante Internacional da UAc.

Se tem um diploma do ensino secundário Português ou equivalente, deve realizar os exames nacionais requeridos para o programa de graduação a que se pretende candidatar.

Se tem um diploma de ensino secundário ou equivalente de um país estrangeiro, é obrigado a realizar os exames de estado aplicáveis no seu país. A Universidade dos Açores aceita os exames que se encontram na lista disponível em "Dispensa de Exame", quando realizados nos últimos três anos letivos.

Se não realizou exames de estado em disciplinas equivalentes às exigidas para o programa de graduação a que se candidata, pode apresentar provas da presença e aprovação naquelas disciplinas ou fazer o exame nacional de admissão ao ensino superior em Portugal como um estudante externo.

Em qualquer caso, está sempre obrigado a ter proficiência em Português ou Inglês (dependendo do idioma em que o curso é ministrado) equivalente ao nível B2, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas. Alternativamente, a verificação de competências comunicacionais pode ser realizada por provas documentais ou por meio de um exame escrito e oral.

Também tem de cumprir os eventuais requisitos de acesso ao curso a que se pretende candidatar ao abrigo do regime geral de acesso e ingresso em Universidades Portuguesas / Politécnicos.

Dispensa de exame

 

Se obteve aprovação num dos seguintes exames, nos últimos três anos letivos antes da sua candidatura, está dispensado de fazer outros exames.

País

Exame

Brasil

ENEM – Exame Nacional de Ensino Médio (candidatos com uma nota igual ou superior a 500)

China

Gaokao e Liankao (candidatos com uma nota igual ou superior a 50% da nota máxima de cada região/província)

 

Para além disso, se obteve aprovação em exames finais que constam desta lista considerados equivalentes aos exames Portugueses necessários para candidatura ao curso a que se pretende candidatar, não terá de realizar exames adicionais.

Calendário e candidaturas

 

O calendário da UAc para o Concurso Especial de Acesso e Ingresso do Estudante Internacional em 2017 é o seguinte:

Calendário Início Fim
Divulgação das vagas 17/10/16  
1ª FASE
Período de candidatura 17/01/17 26/02/17
Divulgação dos resultados das candidaturas 13/03/17  
Matrícula 20/03/17 31/03/17
2ª FASE
Período de candidatura 20/03/17 23/04/17
Divulgação dos resultados das candidaturas 08/05/17  
Matrícula 15/05/17 26/05/17
3ª FASE
Período de candidatura 19/06/17 16/07/17
Divulgação dos resultados das candidaturas 28/07/17  
Matrícula 21/08/17 31/08/17

Consulte aqui o edital.

As candidaturas são realizadas aqui.

Pode candidatar-se a até três licenciaturas, indicando a ordem de preferência. O emolumento de candidatura é €50.00 (euros), não reembolsáveis.

Para facilitar o preenchimento da candidatura, certifique-se que tem consigo os seguintes documentos digitalizados:

a) Cópia do cartão de identificação/do passaporte, com indicação clara da nacionalidade;

b) Declaração de honra de que não tem nacionalidade portuguesa;

c) Cópia dos diplomas/certificados de qualificação que dão acesso ao ensino superior no seu país e documentos comprovativos de aprovação nos exames nacionais do seu país;

OU

a) Cópia dos diplomas/certificados que comprovam a conclusão do ensino secundário em Portugal ou qualificação equivalente, discriminando as classificações obtidas nos exames relevantes;

b) Documento comprovativo do nível de língua Portuguesa requerido, caso não seja proveniente de um país de língua oficial portuguesa;

OU

a) Declaração de compromisso para frequentar e concluir um curso intensivo de Português na UAc;

a) Comprovativos de que cumpre os requisitos específicos de acesso ao curso a que se pretende candidatar e de acesso e ingresso às Universidades e Politécnicos portugueses.

Os documentos que não se encontrem escritos em Português, Inglês, Francês ou Espanhol devem ser traduzidos e autenticados pelos serviços consulares de Portugal no seu país.

Vagas

 

As vagas para este concurso são estabelecidas anualmente.

Para o ano letivo 2017/2018, a UAc disponibiliza as seguintes vagas:

Código da instituição

Código do curso

Curso

Vagas

0140 - UAc – Faculdade de Ciências Agrárias e do Ambiente – campus de Angra do Heroísmo

9022

Ciências Agrárias

5

9382

Natureza e Património

7

0170 - UAc – Faculdade de Economia e Gestão -campus de Ponta Delgada

9081

Economia

5

9147

Gestão

13

9254

Turismo

6

0160 - UAc – Faculdade de Ciências e Tecnologia - campus de Ponta Delgada

9011

Biologia

8

9041

Ciências do Mar

5

9384

Informática, Redes e Multimédia

8

8524

Proteção Civil e Gestão de Riscos

5

0150 - UAc – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - campus de Ponta Delgada

9853

Educação Básica

5

9756

Estudos Euro-atlânticos

6

L041

Estudos Portugueses e Ingleses 

5

9181

História

5

9219

Psicologia

7

9798

Relações Públicas e Comunicação

10

9238

Serviço social

7

9240

Sociologia

6

7090 – Escola Superior de Saúde – campus de Angra do Heroísmo

9500

Enfermagem

1

7093 – Escola Superior de Saúde –  campus de Ponta Delgada

9500

Enfermagem

1

 

Propina/anuidade

 

A propina/anuidade para o estudante internacional na UAc é estabelecida anualmente. Os valores refentes a 2015/2016 encontram-se na tabela abaixo: 

Curso Propina por ano/anuidade
Biologia 3 500 €
Ciências Agrárias 3 500 €
Ciências do Mar 3 500 €
Economia 3 000 €
Educação Básica 3 000 €
Enfermagem 4 000 €
Estudos Euro-Atlânticos 3 000 €
Estudos Portugueses e Ingleses 3 000 €
Gestão 3 000 €
História 3 000 €
Informática, Redes e Multimedia 3 500 €
Natureza e Património 3 500 €
Proteção Civil e Gestão de Riscos 3 500 €
Psicologia 3 000 €
Relações Públicas e Comunicação 3 000 €
Serviço Social 3 000 €
Sociologia 3 000 €

 

O pagamento das propinas/anuidades pode ser efetuado numa das seguintes modalidades:

a) uma prestação a liquidar no mês de setembro;
b) duas prestações a liquidar nos meses de setembro e março;
c) três prestações a liquidar nos meses de setembro, janeiro e maio;
d) quatro prestações a liquidar em setembro, dezembro, março e junho. 

Matrículas

 

Após a divulgação dos resultados de candidatura, deve proceder à formalização da sua matrícula nos prazos indicados no calendário.

Para o efeito, tem de efetuar o pagamento da taxa de matrícula (20€), bem como do seguro escolar 3,08€.

A matrícula só estará concluída com sucesso após boa cobrança dos referidos valores. Recomendamos o envio do comprovativo de pagamento para queroestudar@uac.pt.

Língua de Ensino

 

Na UAc as aulas são lecionadas em Português. Se não tem o nível B2 de Português, terá de frequentar um curso intensivo de Português na UAc.

Pontualmente, os professores poderão autorizar a realização de trabalhos, de exames escritos ou orais ou apresentações orais em Inglês. A lista de bibliografia recomendada na maior parte das disciplinas contém um número alargado de referências em Inglês.

Visa e seguro

 

Para se tornar um Estudante Internacional em Portugal tem de candidatar-se a um visa emitido pelas autoridades consulares no seu país. Para mais informação sobre como obter um visa consulte aqui  e o portal web Study in Portugal.

Quando chegar tem três dias para informar o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Depois desse período pagará uma taxa.

Também deve solicitar uma autorização de residência junto do SEF. Agende uma entrevista aqui.

Como estudante da UAc será abrangido pelo seguro escolar, que cobre os acidentes que ocorram dentro dos campos universitários ou nas viagens de e para a universidade durante os semestres letivos.

A UAc não oferece seguro de saúde. Deve adquirir o seu próprio seguro de saúde.

Readmissão e mudança de curso

 

Se está ou já esteve matriculado na UAc ou noutra Universidade Portuguesa, como estudante internacional, pode candidatar-se a readmissão ou mudança de curso. Para mais informações contacte os Serviços Académicos da UAc. 

ERASMUS+

O ERASMUS+ é um programa europeu de mobilidade e cooperação. A UAc é detentora de Carta Erasmus para o Ensino Superior desde 1987.

O ERASMUS+ (2014-2020) promove a mobilidade de estudantes e trabalhadores do ensino superior entre países dentro e fora da União Europeia, bem como a dinamização de projetos de cooperação internacional ao nível do ensino, da formação ao longo da vida e da investigação. O programa engloba as ações: 1) Mobilidade individual para fins de aprendizagem; 2) Cooperação para inovação e boas práticas; e 3) Apoio à reforma das políticas.

Se és estudante da UAc, este programa oferece-te uma bolsa para realizares um período de estudos, com pleno reconhecimento académico, num estabelecimento de ensino superior de outro Estado elegível com o qual a UAc tenha assinado acordos bilaterais.

Para o efeito, terás apenas de pagar propinas na UAc, ao mesmo tempo que usufruirás do plano educacional, linguístico e cultural oferecido pela instituição/país de acolhimento, ganhando oportunidades de contacto com diferentes metodologias de ensino-aprendizagem e de desenvolvimento de novas competências, numa experiência internacional com vantagens profissionais futuras.

O ERASMUS+ também te proporciona bolsas para a realização de um estágio profissional no ano imediatamente a seguir à conclusão do teu curso, sem qualquer pagamento de propinas. Para o efeito, não podes pedir o certificado de registo de curso/diploma antes de realizares o estágio, sob pena de perderes o vínculo à UAc, ficando impedido de realizar a mobilidade.

Se é docente, investigador ou trabalhador da UAc, o ERASMUS+ disponibiliza-lhe bolsas para realizar missões de ensino e ou de formação de curta duração em instituições estrangeiras com os quais a UAc tenha acordos bilaterais, bem como integrar projetos europeus abrangidos pelas medidas 2 e 3 do ERASMUS+.

Consulte no mapa as parcerias que a UAc tem no âmbito do programa ERASMUS+

Estudantes

 

Procedimentos de candidatura para estudos

Se estás inscrito na UAc podes candidatar-te a mobilidade ERASMUS+ para um período de estudos entre 3 a 12 meses.

Para preparares a tua candidatura deverás contactar o(a) Coordenador(a) de Mobilidade da tua unidade orgânica e selecionar a Instituição de Ensino Superior (IES) de acolhimento/país de destino, bem como elaborar o Contrato de Estudos (Learning Agreement) a concretizar.

Deverás submeter a tua candidatura no Portal do Estudante, no período anualmente estabelecido para o efeito.

Procedimentos de candidatura para estágios profissionais

Se terminas o teu curso no presente ano letivo, podes candidatar-te a um estágio profissional para recém-graduados num dos estados membros da EU, excluindo a Suíça.

A realização do estágio não obriga a acordo bilateral entre instituições, pelo que fica ao teu critério a escolha da entidade pública ou privada onde pretendes realizar o teu estágio (não é obrigatório estagiar numa Universidade).
 
Os estudantes recém-graduados candidatos a estágios Profissionais Erasmus, não podem solicitar o certificado de registo/diploma de fim de curso enquanto não terminar o estágio erasmus.
Após o reconhecimento do estágio profissional Erasmus, os estudantes já podem solicitar o certificado que irá incluir no suplemento ao diploma o respetivo estágio.
 
Procura algumas ofertas disponíveis em Estágios e Carreiras.

Grupos

Países

Valor Bolsa*

Grupo 1 - Países com custo de vida elevado

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido

750€/mês

Grupo 2 - Países com custo de vida médio

Bélgica, Croácia, República Checa, Chipre, Alemanha, Grécia, Islândia, Luxemburgo, Holanda, Eslovénia, Espanha, Turquia

700€/mês

Grupo 3 - Países com custo de vida baixo

Bulgária, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta, Polónia, Roménia, Eslováquia, Antiga República Jugoslava da Macedónia

650€/mês

 

 

* 1 mês = 30 dias

Tabela 1 - Valor das bolsas

 

Distância Valor
de 100 a 499 km 180 €
de 500 a 1999 km 275 €
de 2000 a 2999 km 360 €
de 3000 a 3999 km 530 €
de 4000 a 7999 km 820 €
+ 8000 km 1.100 €

Tabela 2 - Valor do apoio para viagens (por distância)

Prazos e documentos da candidatura

As candidaturas para 2017/2018 decorrem entre 14 de Novembro de 2016 e 28 de fevereiro de 2017.

A data de divulgação dos resultados da seriação está dependente da indicação do número de bolsas disponibilizadas pela Agência Nacional ERASMUS+.

Antes de procederes à tua candidatura verifica se tens contigo os seguintes documentos digitalizados:

  1. Cópia do cartão de cidadão (frente e verso)
  2. Histórico das disciplinas inscritas na UAc (obter no SGA)
  3. Carta de intenção/motivação

Preparação da mobilidade

As questões relacionadas com a logística da mobilidade ‒ viagens, alojamento, calendário académico, visto (quando necessário), etc. ‒ são da tua responsabilidade.

Durante a tua mobilidade estarás abrangido pelo seguro escolar da UAc, contudo, é obrigatória a obtenção do Cartão Europeu de Saúde para mobilidades dentro da União Europeia (podes solicitá-lo numa loja RIAC). No caso de mobilidades para países fora da União Europeia, terás de fazer um seguro de saúde adequado.

Apoio linguístico

Se fores selecionado para mobilidade, ser-te-á atribuída uma licença para acederes à plataforma linguística (OLS).

Nesta terás de realizar um teste diagnóstico do nível de língua requerido pela instituição de acolhimento. Caso o resultado do teste aponte para um nível de conhecimento de língua inferior a B2 (QECR), receberás uma segunda licença para realizares o curso de língua antes e/ou durante a tua mobilidade.

Para além do curso disponibilizado pela plataforma linguística, deves procurar preparação linguística adicional no país de destino.

Durante a mobilidade

Após a chegada à IES de acolhimento tens 7 dias para enviar ao Gabinete de Relações Externas (GRE) o certificado de chegada, digitalizado, devidamente assinado e carimbado pelo responsável daquela instituição.

Se necessário, podes alterar o Contrato de Estudos (Learning Agreement) até 30 dias após chegada à IES de acolhimento, devendo para isso contactar o(a) Coordenador(a) de Mobilidade de ambas as instituições e preencher o documento próprio, que, depois de devidamente assinado, deverá ser enviado ao GRE.

No final da mobilidade

No final da Mobilidade, deverás garantir junto do(a) Coordenador(a) de Mobilidade da IES de acolhimento o preenchimento e assinatura do certificado de saída.

De igual modo, deves confirmar se tens na tua posse todos os documentos originais a entregar no GRE no regresso à UAc:

  1. Learning Agreement
  2. Alterações ao Learning Agreement
  3. Certificado de chegada
  4. Certificado de estadia/partida

Após receberes a notificação da plataforma da Agência Nacional Erasmus, deverás submeter online o relatório da mobilidade no prazo máximo de 30 dias consecutivos.

Também serás notificado pela plataforma OLS para realizares o 2.º teste de avaliação linguística, que é obrigatório.

O incumprimento de um ou mais dos procedimentos acima mencionados implica devolução parcial ou total da bolsa.

Regulamento de mobilidades outgoing

Seguro

Documentos relevantes

  1. Learning Agreement for Studies
  2. Changes to the learning Agreement for Studies
  3. Learning Agreement for Traineeships
  4. Changes to the Learning Agreement for Traineeships
  5. Certificate of Arrival
  6. Certificate of Departure/Stay

Pessoal docente e não docente

 

Mobilidade para missões de ensino e para formação

Se é trabalhador docente/investigador da UAc, pode candidatar-se a um período de mobilidade para Missão de Ensino ou de Formação.

Se é trabalhador não docente/não investigador da UAc, pode candidatar-se a um período de mobilidade para Formação.

A mobilidade poderá ter uma duração entre 2 e 5 dias. As Missões de Ensino requerem um mínimo de 8 horas de lecionação. 

Para o efeito, deverá contactar as instituições parceiras da UAc e solicitar uma carta convite, a juntar à sua candidatura.

Grupo

Países

Valor Bolsa

Grupo A

Dinamarca, Irlanda, Holanda, Suécia, Reino Unido

120€/dia

Grupo B

Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, República Checa, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Noruega, Polónia, Roménia, Turquia

105€/dia

Grupo C

Antiga República Jugoslava da Macedónia, Alemanha, Letónia, Malta, Portugal, Eslováquia, Espanha

90€/dia

Grupo D

Croácia, Estónia, Lituânia, Eslovénia

75€/dia

Tabela 3- Valor da Bolsa

 

Distância Valor
de 100 a 499 km 180 €
de 500 a 1999 km 275 €
de 2000 a 2999 km 360 €
de 3000 ea3999 km 530 €
de 4000 a 7999 km 820 €
+ 8000 km 1.100 €
Tabela 4 - Valor do apoio para viagens (por distância)

Prazos e documentos da candidatura

As candidaturas para 2017/2018 decorrem entre 14 de Novembro de 2016 e 28 de Fevereiro de 2017.

A divulgação dos resultados da seriação está dependente da indicação do número de bolsas disponibilizadas pela Agência Nacional ERASMUS+.

Antes de proceder à sua candidatura verifique se tem consigo os seguintes documentos digitalizados:

  1. Cópia do Cartão de Cidadão (frente e verso)
  2. Carta convite da instituição de acolhimento

Para submeter a candidatura deverá aceder ao Portal de Serviços da UAc.

Preparação da mobilidade

Antes da mobilidade deverá entregar no Gabinete de Relações Externas o Staff Agreement for Teaching or for Training, devidamente assinado por ambas as instituições.

As questões relacionadas com a logística da mobilidade ‒ viagens, alojamento, visto (quando necessário), cartão europeu de saúde, etc. ‒ são da sua responsabilidade.

No final da mobilidade

No final da Mobilidade, deverá solicitar ao responsável da IES de acolhimento o certificado de presença devidamente assinado e carimbado.

No regresso à UAc, deverá entregar no Gabinete de Relações Externas os originais dos seguintes documentos:

  1. Staff Agreement
  2. O certificado de presença
  3. Talões de embarque

Após receber notificação da plataforma da Agência Nacional Erasmus, deverá submeter online o relatório da mobilidade no prazo máximo de 30 dias consecutivos.

O incumprimento de um ou mais dos procedimentos acima mencionados implica devolução parcial ou total da bolsa.

Regulamento de Mobilidades Outgoing

Documentos relevantes:

Missão de Ensino - Staff agreement for Teaching Mobility

Missão de Formação - Staff Agreement for Training Mobility

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (informação para VISTOS)

 

Aqui

Almeida Garrett

O Programa Almeida Garrett é um programa nacional de mobilidade de estudantes do ensino superior universitário, visando promover a qualidade e reforçar a dimensão nacional do Ensino Superior.

Este programa oferece a possibilidade de efetuares, numa universidade nacional de acolhimento, um período de estudos com pleno reconhecimento académico.

A mobilidade Almeida Garrett tem a duração de um semestre, prolongável por mais um, correspondendo respetivamente a 30 ou 60 ECTS.

No âmbito deste programa, poderás também candidatar-te à realização de um estágio, de trabalhos ou projetos de fim de curso, desde que as referidas atividades integrem o plano curricular do curso na Universidade de origem.

No âmbito da mobilidade Almeida Garrett, o estudante tem apenas de pagar as propinas na Universidade de origem.

Procedimentos antes da candidatura

 

Antes da candidatura deves contactar a Instituição de Acolhimento e consultar os planos de estudos dos cursos que te interessam.

Posteriormente, deves contactar o teu Coordenador de Mobilidade para definir o teu plano de estudos e assinar todos os documentos.

Procedimentos de candidatura

 

Se és estudante a UAc, deves entregar o teu formulário de candidatura no Gabinete de Relações Externas.

Antes de entregares o formulário de candidatura, verifica se tens contigo:

  1. 1 fotografia
  2. O CV europass
  3. Uma fotocópia do cartão de cidadão (frente e verso)
  4. O histórico das disciplinas concluídas
  5. O contrato de estudos devidamente preenchido e assinado pelo Coordenador de Mobilidade e por ti
  6. O comprovativo de matrícula na UAc

Se és estudante de outra IES Portuguesa, deves contactar os serviços de mobilidade da tua Universidade.

Prazos de candidaturas

 

Alunos da UAc

1.º Semestre e 1 ano – 1 março a 15 de abril

2.º Semestre – 1 de setembro a 31 de outubro

Alunos de outras instituições portuguesas

1.º Semestre – 1 de maio a 30 junho

2.º Semestre - 1 outubro a 30 de novembro

Vasco da Gama

O Programa Vasco da Gama é um programa nacional de mobilidade de estudantes entre escolas do ensino politécnico.

O Programa destina-se aos estudantes de nacionalidade portuguesa ou estrangeiros oficialmente reconhecidos em Portugal inscritos num curso de uma Instituição de Ensino Superior Politécnico portuguesa.

Este programa oferece a possibilidade de efetuares, numa Instituição de Ensino Superior Politécnico nacional, um período de estudos com pleno reconhecimento académico, ou um estágio, trabalho ou projeto de fim de curso, desde que as referidas atividades integrem o plano curricular do curso em que estás inscrito na Instituição de origem.

A mobilidade Vasco da Gama tem a duração de um semestre, prolongável por mais um.

No âmbito da mobilidade Vasco da Gama, o estudante tem apenas de pagar as propinas na Universidade de origem.

Aos estudantes com alojamento em residência universitária na instituição de origem, é assegurado, através dos seus Serviços de Ação Social da respetiva instituição, a manutenção do alojamento quando o período de estudos não abranja a totalidade do ano letivo.

De igual modo, a instituição de origem assegura outros eventuais benefícios atribuídos ao estudante pelos Serviços de Ação Social respetivos.

Procedimentos antes da candidatura

 

Antes da candidatura deves contactar a Instituição de Acolhimento e consultar os planos de estudos dos cursos que te interessam.

Posteriormente, deves contactar o teu Coordenador de Mobilidade para definir o teu plano de estudos e assinar todos os documentos.

Procedimentos de candidatura

 

Se és estudante a UAc, deves entregar o teu formulário de candidatura no Gabinete de Relações Externas.

Antes de entregares o formulário de candidatura, verifica se tens contigo:

  1. 1 fotografia
  2. Uma fotocópia do cartão de cidadão (frente e verso)
  3. O histórico das disciplinas concluídas
  4. O contrato de estudos devidamente preenchido e assinado pelo Coordenador de Mobilidade e por ti
  5. O comprovativo de matrícula na UAc

Se és estudante de outra IES Portuguesa, deves contactar os serviços de mobilidade da tua Universidade.

Prazos de candidaturas

 

Alunos da UAc

1.º Semestre e 1 ano – 1 março a 15 de abril

2.º Semestre – 1 de outubro a 15 de novembro.

Alunos de outras instituições portuguesas

1.º Semestre – 1 de maio a 30 junho

2.º Semestre - 1 outubro a 30 de novembro

SEA Semesters/summer programs

FLAD - UAc - Crossing the Atlantic

O Fundo de mobilidade FLAD-UAc – Crossing the Atlantic, criado por protocolo assinado entre a FLAD e a Universidade dos Açores em fevereiro de 2015, apoia projetos de mobilidade apresentados por docentes, investigadores e estudantes da UAc para deslocações aos Estados Unidos da América, bem como por docentes, investigadores e estudantes de universidades e centros de investigação norte-americanos para mobilidades à UAc.

Objetivos do fundo

 

  1. incentivar a mobilidade de estudantes e docentes/investigadores entre a Universidade dos Açores e instituições dos EUA, nomeadamente universidades e/ou outros centros de pesquisa;
  2. estimular a troca de conhecimento e o desenvolvimento de projetos conjuntos de investigação entre a UAc e instituições dos Estados Unidos da América, nomeadamente universidades e/ou outros centros de pesquisa, em áreas de interesse mútuo;
  3. apoiar a realização de iniciativas e projetos passíveis de contribuir para a melhoria da oferta de ensino e das práticas formativas da UAc;
  4. valorizar as especificidades regionais e o conhecimento de excelência produzido na UAc, projetando-o no continente americano e para além deste;
  5. apoiar projetos de desenvolvimento académico de docentes, investigadores e estudantes da UAc e de instituições norte americanas, nomeadamente universidades e/ou outros centros de pesquisa;
  6. estimular o desenvolvimento científico, sociocultural e económico na Região Autónoma dos Açores;
  7. aprofundar os laços entre os Açores e as comunidades açorianas nos Estados Unidos da América a nível educativo e de investigação.

Candidaturas

 

Anualmente são abertos pelo menos dois períodos de concurso. Os concursos são anunciados através da publicação do respetivo edital neste local e no sítio da Internet da FLAD.

O 2.º período de candidatura 2017 decorre entre 19 de setembro e 30 de outubro de 2017.

Consulte aqui o edital de abertura do concurso.

Pode submeter a sua candidatura em Português ou Inglês através do preenchimento de formulário próprio, devendo incluir a seguinte informação:

  1. resumo do projeto;
  2. discriminação e calendarização das atividades a desenvolver;
  3. orçamento discriminado;
  4. indicadores físicos ou outros esperados (quando aplicável);
  5. curriculum vitae do(s) candidato(s);
  6. identificação de outros apoios regionais, nacionais ou estrangeiros (quando aplicável);
  7. explicitação da relevância do projeto para a consecução dos objetivos do Fundo.

Se é docente, investigador ou estudante da UAc deve submeter a sua candidatura através do formulário eletrónico disponibilizado pela UAc.

Para o efeito, registe-se no portal, selecione o separador “Mobilidade”, depois selecione “Programa de mobilidade FLAD/UAC”, preencha o formulário e submeta-o quando concluído. Se é docente, investigador ou estudante de uma instituição norte-americana deve submeter a sua candidatura através do formulário eletrónico disponibilizado no sítio da Internet da FLAD.

Despesas elegíveis

 

São consideradas despesas elegíveis no âmbito do Fundo FLAD-UAc – Crossing the Atlantic:

  1. despesas de transporte;
  2. despesas de alojamento;
  3. despesas de alimentação, até ao limite de €25 por dia;
  4. despesas de inscrição em reuniões ou outras atividades de caráter científico e/ou formativo.

Regulamentação aplicável

 

Consulte o regulamento do concurso aqui.

Informações adicionais

 

Poderá solicitar informação adicional através do telefone 296 650 800 ou email.

Bolsas Santander

Estudantes brasileiros e ibero-americanos

 

Se és estudante de licenciatura ou mestrado na Argentina, no Brasil, no Chile, na Colômbia, em Espanha, no México, no Peru, em Porto Rico ou no Uruguai, podes realizar um período de estudos na Universidade dos Açores (UAc) ao abrigo do programa de Bolsas Santander.

Para te candidatares deves preencher um Contrato de Estudos, indicando as disciplinas que pretendes frequentar e as disciplinas da tua Universidade a que pretendes ter equivalência.

Para o efeito, deves contactar os coordenadores da Mobilidade na tua Universidade e na UAc. Descobre aqui os coordenadores da Mobilidade da UAc e seleciona o da tua área aqui.

Consulta também aqui o plano de estudos do/s curso/s que pretendes frequentar (no separador ensino).

Candidatura

Deves candidatar-te a uma bolsa Santander na própria página web das bolsas Santander, dentro dos prazos estipulados.

Depois de confirmada a aceitação da tua candidatura, deverás registar a tua mobilidade na UAc, preenchendo o formulário disponível aqui. Introduz as tuas credenciais, entra no separador “Mobilidade/Mobility” e seleciona o formulário Programa de mobilidade SANTANDER.

O Formulário não será submetido se estiver em falta algum documento ou anexo.

Se pretenderes candidatar-te a alojamento na residência de estudantes da UAc preenche o formulário que se encontra aqui.

Prazos de candidatura:

1.º Semestre e 1 ano: 1 maio a 30 de junho de 2016.

2.º Semestre: 1 de outubro a 30 de novembro de 2016.

Visto e seguro

Se és um estudante não-europeu, tens de obter um VISTO para estudo em Portugal. Consulta o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras aqui.

Estudantes da UAc

 

Se és estudante de licenciatura ou mestrado na Universidade dos Açores (UAc), podes candidatar-te a um período de estudo com a duração de um ou dois semestres numa Universidade ao abrigo do programa Santander Universidades.

Caso pretendas realizar uma mobilidade no Brasil, podes candidatar-te às Bolsas Luso-Brasileiras Santander ou às Bolsas Ibero-Americanas; caso pretendas estudar na Argentina no Brasil, no Chile, na Colômbia, na Espanha, no México, no Peru, em Porto Rico ou no Uruguai, deves candidatar-te às Bolsas Ibero-Americanas.

O Santander disponibiliza 3 bolsas Ibero-Americanas para o ano, para mobilidades com a duração mínima de 6 meses, num valor individual de 2300 €.

Para mais informações relativamente a estas bolsas deves consultar os respetivos regulamentos, disponíveis em Informação complementar.

Candidatura

As candidaturas deverão ser efetuadas através do formulário disponível aqui, dentro dos prazos estipulados. Após a candidatura, serás seriado de acordo com os critérios de seriação adotados na UAc.

Depois serás contacto/a pelo nosso Gabinete de Relações Externas.

Prazos de candidatura:

1.º Semestre e 1 ano: 1 maio a 30 de junho de 2016.

2.º Semestre: 1 de outubro a 30 de novembro de 2016.

Visto e seguro

Para estudares num país não pertencente à União Europeia tens de ter passaporte e VISTO de estudante. Informa-te junto da Embaixada do país onde pretendes realizar a tua mobilidade.

Informação complementar

 

Bolsas Ibero-Americanas

Regulamento

Lista parceiros

Bolsas Luso-Brasileiras

Regulamento

Lista parceiros

Para mais informações contacta o nosso Gabinete de Relações Externas da UAc para aqui.

Fulbright

Os programas de mobilidade Fulbright têm por objetivo fomentar o entendimento mútuo entre Portugal e os Estados Unidos da América através da oferta de oportunidades de intercâmbio de professores, investigadores e estudantes, com base no mérito; da disponibilização de orientação e informação de qualidade sobre os sistemas de ensino dos dois países; e da organização de iniciativas que potenciem a partilha de conhecimento.

As bolsas de estudo do Programa Fulbright oferecem a estudantes e professores portugueses a oportunidade de estudar, lecionar ou fazer investigação nos Estados Unidos da América, bem como a estudantes e professores americanos a oportunidade de desenvolver o mesmo tipo de atividades em Portugal.

Bolsas de Mestrado e Doutoramento

 

As bolsas destinam-se à frequência, em regime presencial e a tempo inteiro, dos graus de mestrado ou de doutoramento numa universidade acreditada nos Estados Unidos da América, em todas as áreas de estudo, exceto as que impliquem prática médica.

Condições de elegibilidade

 

São considerados elegíveis os candidatos que:

  1. Possuam nacionalidade portuguesa.
  2. Não tenham beneficiado anteriormente de uma bolsa do Programa Fulbright.
  3. Não tenham residido nos EUA durante um período igual ou superior a 5 anos nos 6 anos anteriores à data do concurso.
  4. Não possuam dupla nacionalidade, portuguesa e norte-americana.
  5. Não possuam autorização de residência (green card) nos EUA.
  6. Não possuam visto para os EUA válido entre a altura do concurso à bolsa e o início do período de estadia nos EUA.

Requisitos

 

  1. Para bolsas de doutoramento, o grau de licenciatura deverá corresponder a um programa de estudos com a duração de quatro ou mais anos. Aos estudantes que tenham frequentado uma licenciatura com três anos de duração é exigido que tenham concluído um ano suplementar de estudos superiores ao nível do mestrado ou da pós-graduação.
  2. Para bolsas de mestrado, é aceite o grau de licenciatura correspondente a um programa de 3 anos.
  3. Média de licenciatura igual ou superior a 14 valores (condição preferencial).
  4. Excelentes conhecimentos de Inglês, aferidos através da apresentação do resultado do exame TOEFL iBT igual ou superior a 100 pontos, ou do resultado do exame IELTS igual ou superior a 7 pontos. Os exames deverão ter sido realizados há menos de 5 anos.  

Benefícios das Bolsas Fulbright

 

  1. Seguro de saúde e acidentes durante o período da bolsa.
  2. Emissão dos documentos necessários ao visto J-1.
  3. Isenção do pagamento do visto.
  4. Orientação antes da partida para os EUA.
  5. Acompanhamento do bolseiro durante a estadia nos EUA por parte da Comissão Fulbright e do Institute of International Education.
  6. Oportunidades de participação em seminários e outras atividades culturais e científicas organizadas pelo Programa Fulbright, durante a estadia do bolseiro nos EUA, estão sujeitas a disponibilidade de fundos.

Candidaturas

 

O concurso para as Bolsas Fulbright de Mestrado e Doutoramento decorre entre o dia 1 de fevereiro e dia 31 de março de 2016.  

As candidaturas às bolsas são submetidas online, através de link disponível no sítio da internet da fulbright, até às 23h59 (hora de Lisboa) do último dia do prazo.  

Os candidatos deverão incluir na candidatura online o máximo de documentos possível. Tudo o que não for possível incluir no formulário de candidatura deverá ser enviado à Comissão Fulbright, em formato pdf (com todas as páginas de cada documento num só ficheiro pdf e apenas um documento em cada ficheiro pdf), por e-mail, até ao final do prazo de candidatura. Encontra aqui instruções para preenchimento da candidatura.

Não serão considerados os documentos enviados por correio ou entregues pessoalmente. 

Só serão consideradas as candidaturas que se encontrem completas dentro do prazo de candidatura.

Documentação necessária para a candidatura

 

  1. Formulário de candidatura preenchido em Inglês.
  2. Signature Form - formulário de assinatura comprovativo da veracidade dos dados submetidos online. 
  3. Três cartas de recomendação (Letters of Reference). 
  4. Information Concerning Foreign Student Academic Records.
  5. Cópia do diploma ou de certificado comprovativo da conclusão de cada grau académico obtido e respetiva tradução para Inglês, que pode ser feita pelo candidato.
  6. Suplemento ao diploma ou certificado de notas por disciplina relativos à Licenciatura.
  7. No caso de ser apresentado o certificado de notas por disciplina em vez do suplemento ao diploma, é necessária a respetiva tradução para inglês, que pode ser feita pelo candidato.
  8. Deve ser apresentado também, se possível, o percentil ou ranking da licenciatura (documento em que a média final do candidato é comparada com as médias finais obtidas pelos outros estudantes que terminaram o mesmo curso no mesmo ano) e respetiva tradução para inglês, que pode ser feita pelo candidato.
  9. Resultado do exame TOEFL iBT ou do exame IELTS (consulte aqui).
  10. Fotocópia do Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão.
  11. Os candidatos poderão ainda submeter cópias de trabalhos, artigos, livros, prémios, portefólios ou outros documentos que considerem relevantes 

Só serão consideradas as candidaturas que se encontrem completas dentro do prazo de candidatura.

Regulamentação aplicável

 

Consulte o regulamento do concurso aqui.

Informações adicionais

 

Poderá solicitar informação adicional através do telefone 21 799 63 90 ou email.